unnamed

Para Ressucitar a Esperança

Sou uma consumidora voraz de séries de TV sobre crimes. Não gosto das séries onde os policiais são corruptos, onde sempre operam numa área cinza entre o bem e o mal. Me confortam as que traçam uma clara linha entre o bem e o mal, onde os policiais são heroicos e nobres, se sacrificam pelos outros e no fim sempre pegam o bandido. Algumas são cruas, sangrentas, como Criminal Minds, outras são mais “horário nobre” com tramas sobre famílias, dramas humanos da vida dos policiais, como “Blue Bloods” ou “Law and Order”.

Há alguma coisa no final feliz, no assassino sendo Mais >

Mesia

O mundo como o conhecemos

Hoje parece ser  um dia para não se ir dormir. O ar está pesado, é difícil não ter a impressão de que o mundo como nós o conhecemos, o mundo sob o domínio majoritário da cultura ocidental, está em vias de desaparecimento.

Muitos cínicos ao ler isto gritaram olé! Aí é que me dói mais ainda a ignorância de todos em face ao desastre. Tendo mergulhado por algumas horas  no brilhante “Submissão” de Michel Houllebecq, voltei a entender aquele desespero fatalista que faz parte integrante do espírito europeu. Eu havia me afastado do mundo da ficção europeia por anos, mas Houllebecq Mais >

ATTENTION EDITORS - VISUAL COVERAGE OF SCENES OF INJURY OR DEATH -  A body is seen on the ground July 15, 2016  after at least 30 people were killed in Nice, France, when a truck ran into a crowd celebrating the Bastille Day national holiday July 14.  REUTERS/Eric Gaillard

Nice

Me irrita a hesitação da mídia americana em falar a verdade sobre os ataques. Um destes reporteres amordaçado pelo politico-corretismo, joga a bola para o britânico que reporta de Nice:

-O rapaz motorista do caminhão era da África do Norte, da Tunísia, o que você me diz disto?

O britânico meio desconcertado responde:

– Bom, o norte da África é um lugar de onde vieram muitas pessoas que estão nas listas de perigo…O que não sabemos é se ele agiu como “lobo solitário” ou se recebeu ordens diretas do ISIS.

Os dois parecem crianças que foram pegas com a mão na lata do doce Mais >

BREXIT-1-400x244

O que significa a saída da Inglaterra da União Europeia?

Uma grande parte dos comentaristas internacionais foi tomada de surpresa com a decisão do plebiscito conduzido na Inglaterra na última quinta-feira sobre a saída ou não do país da União Européia. Imagino que todos tinham artigos prontos para o caso do não, mas foram pegos de calça curta com o sim. Procure alguém que explicou com coerência e que não xingou os ingleses de xenófobos e preconceituosos por causa da decisão. Você não vai achar. Mas quem entende os valores que fizeram da Inglaterra o que ela é não deveria se surpreender.

Porque sair? Primeiro há que se entender o que Mais >

portal

A Falácia do Pensamento Uniforme

Vários dos comentários que recebo de repúdio à minha recém descoberta de fé conservadora expressam um desapontamento emocional comigo. Leitores se sentem traídos, como um marido que acha sua esposa na cama com outro.

Te Devo Fidelidade Político-Doutrinária?

Duas coisas me surpreendem nesta emoção. A primeira é que existia uma presunção de fidelidade ideológica mútua. Talvez aí eu deva desculpas pessoais aos leitores.

– Desculpe-me se te deixei entender que eu tinha um compromisso de fidelidade de ideias com você. Não tenho e nunca tive. Sou independente. Como mulher, e casada há 30 anos uma das únicas áreas em que tenho total liberdade Mais >

ship-and-youth2

Venha servir em um navio médico na Papua Nova Guiné

Você é médico, enfermeiro, fisioterapeuta, dentista, farmacêutico? Sempre desejou ter uma aventura em missões em algum lugar distante, ajudar povos carentes que nunca viu mas não sabia como?

Pois é sua hora chegou. O nosso navio médico Pacific Link que trabalha na Papua Nova Guiné, em parceria com o governo local, com franco acesso a todas as tribos, está  precisando muito de voluntários como você. O período de trabalho é de dois meses e você se aloja a bordo do navio de YWAM Ships and se torna parte da equipe que vai tratar de doentes à bordo e também em expedições Mais >

images

O que o Estado pode ou não pode fazer?

Percebi por algumas reações a meu ultimo post que a expressão “Estado mínimo” já está estigmatizada, carregada de conotações negativas que muitos nem entendem e que tolhem a possibilidade de diálogo.

Na intenção de começar um diálogo sobre o assunto vou rascunhar uma lista das atribuições do Estado aqui, ênfase no rascunhar, afinal isto é um blog não um livro. Me ajude a acrescentar ou a tirar itens da lista.

Vamos pensar e consultar a Bíblia à respeito do que é ou não é atribuição do Estado. Para começar ilustrei alguns dos meus pontos com versículos para mostrar que a Bíblia fala Mais >